Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Albanian, Portuguese, Sexo, Sexo, Sexo
Histórico
Busca no blog
01/05/2011 a 31/05/2011 01/03/2011 a 31/03/2011 01/02/2011 a 28/02/2011 01/01/2011 a 31/01/2011 01/12/2010 a 31/12/2010 01/11/2010 a 30/11/2010 01/10/2010 a 31/10/2010 01/09/2010 a 30/09/2010 01/08/2010 a 31/08/2010 01/07/2010 a 31/07/2010 01/06/2010 a 30/06/2010 01/05/2010 a 31/05/2010 01/04/2010 a 30/04/2010 01/03/2010 a 31/03/2010 01/02/2010 a 28/02/2010 01/01/2010 a 31/01/2010 01/12/2009 a 31/12/2009 01/11/2009 a 30/11/2009 01/10/2009 a 31/10/2009 01/09/2009 a 30/09/2009 01/08/2009 a 31/08/2009 01/07/2009 a 31/07/2009 01/06/2009 a 30/06/2009 01/05/2009 a 31/05/2009 01/04/2009 a 30/04/2009 01/03/2009 a 31/03/2009 01/02/2009 a 28/02/2009 01/01/2009 a 31/01/2009 01/12/2008 a 31/12/2008 01/11/2008 a 30/11/2008 01/10/2008 a 31/10/2008 01/09/2008 a 30/09/2008 01/08/2008 a 31/08/2008 01/07/2008 a 31/07/2008 01/06/2008 a 30/06/2008 01/05/2008 a 31/05/2008 01/04/2008 a 30/04/2008 01/03/2008 a 31/03/2008 01/02/2008 a 29/02/2008 01/01/2008 a 31/01/2008 01/12/2007 a 31/12/2007 01/11/2007 a 30/11/2007 01/10/2007 a 31/10/2007 01/09/2007 a 30/09/2007 01/07/2007 a 31/07/2007 01/08/2006 a 31/08/2006 01/07/2006 a 31/07/2006 01/06/2006 a 30/06/2006 01/05/2006 a 31/05/2006 01/04/2006 a 30/04/2006 01/03/2006 a 31/03/2006 01/02/2006 a 28/02/2006 01/01/2006 a 31/01/2006 01/12/2005 a 31/12/2005 01/11/2005 a 30/11/2005 01/10/2005 a 31/10/2005 01/09/2005 a 30/09/2005 01/08/2005 a 31/08/2005 01/06/2005 a 30/06/2005 01/05/2005 a 31/05/2005 01/04/2005 a 30/04/2005 01/03/2005 a 31/03/2005 01/02/2005 a 28/02/2005 01/01/2005 a 31/01/2005 01/12/2004 a 31/12/2004 01/11/2004 a 30/11/2004 01/10/2004 a 31/10/2004 01/09/2004 a 30/09/2004 01/08/2004 a 31/08/2004 01/07/2004 a 31/07/2004 01/06/2004 a 30/06/2004 01/05/2004 a 31/05/2004 01/04/2004 a 30/04/2004 01/03/2004 a 31/03/2004
Visitas   
 
Uma questão de reclamações ao estilo de estou sem tempo para nada

Uma questão de tempo

Meus amigos cinéfilos reclamam de não ter tempo para ir ao cinema.

Meus amigos amantes das artes cênicas reclamam de não ter tempo para ir ao teatro.

Meus amigos literatos reclamam de não ter tempo para ler.

Meus amigos reclamam de não ter tempo de ver seus amigos.

Meus amigos workaholics reclamam de não ter tempo para nada, inclusive ver seus amigos.

Meus amigos exageradamente workaholics reclamam de não ter tempo sequer para reclamar de não terem tempo para nada.

Meus amigos intelectuais reclamam de não ter tempo de se exercitarem.

Meus amigos esportistas reclamam de não ter tempo para estudar.

Meus amigos ricos reclamam de não ter tempo de curtir o dinheiro.

Meus amigos pais de um bebê recém-nascido reclamam de não ter tempo para dormir.

Meus amigos chatos reclamam de não ter tempo para encher o saco dos outros.

Meus amigos internautas reclamam de não ter tempo de navegar sem compromisso, apenas tendo a obrigação de visitar os blogs dos amigos e de deixar um comentário "marcando presença".

O Editor do UOL Tabloide não reclamam do Tempo, mas dizem por aí que é o Tempo que reclama, e muito, do Editor do UOL Tabloide...

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 15h53
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Panda é urso ou não é?

Diálogos assim é que explicam o fato de o Editor do UOL Tabloide encarar a preguiça e vir trabalhar...

Editor do UOL Tabloide: Por que o panda não é urso?

Sub da Sub: Como assim? Porque é panda, uai.

Sub da Sub: Por que cachorro não é urso?

Sub da Sub: Panda é um bicho em si mesmo.

Sub da Sub: Orca não é baleia.

Editor do UOL Tabloide: Você não tá confundindo com coala?

Sub da Sub: Nãããão.

Editor do UOL Tabloide: Explique-se.

Sub da Sub: Ai meu pai... As pessoas acham que é urso porque meio parece. Mas é um bicho totalmente distinto.

Sub da Sub: Senão o panda vermelho seria um urso. Mas não é. É um panda.

Sub da Sub: Se bem que acabei de olhar na wikipedia e diz que é da família dos ursos...

Editor do UOL Tabloide: Tipo assim: o lobo é da família Canidae e a gente não chama ele de cão.

Sub da Sub: Isso! Mas na pior das hipóteses, eu tô desatualizada. "O panda gigante era antigamente tido como um membro da família Procyonidae. Parece que é polêmico. Adoro bichos polêmicos.

E você, internauta, qual sua posição sobre o panda? É um urso ou não é?

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 16h48
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Placas de trânsito avisam para tomar cuidado com zumbis nazistas (!) e fim do mundo (!!)

Knax.com/ReproduçãoLocal: Austin, cidade localizada nos Estados Unidos, capital do Estado do Texas e habitada por cerca de 740 mil pessoas. E, talvez, um punhado de zumbis nazistas. Afinal, lá o fim do mundo já começou.

Ou terá sido um trote?

A KXAN-TV, rede baseada em Austin, divulgou em seu site uma matéria divertida, ainda que apocalítica: "Construction signs warn of zombies".

Hackers invadiram placas eletrônicas da cidade que dão indicações de trânsito e trocaram as mensagens. Em vez de "dirija com cuidado" ou "ruas tal e tal estão congestionadas", os motoristas texanos que estavam em Austin encontraram as seguintes mensagens:

Knax.com/Reprodução* "Zombie in area! Run" (que pode ser traduzido como "Zumbis! Fuja!")

* "Nazi zombies! Run!!!" ("Zumbis nazistas! Fuja!")

* "The end is near!!!!!!!!!" ("O fim está próximo!!!!!!!!!")

Os fãs dos filmes trash de zumbis hã de se lembrar de zumbis famintos andando lentamente pelas ruas norte-americanos e gritando "miooooooooolos" (na versão dublada do filme, é claro)!

Os fãs de teorias da conspiração hão de se lembrar que George W. Bush foi governador do Texas de 1995 a 2000 e que é nesse Estado que ele mora desde que deixou a Casa Branca.

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 15h20
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Mulher vai à delegacia registrar BO e é atendida por um preso

O Editor do UOL Tabloide diz e repete - e o planeta Terra só faz confirmar: o mundo é um enorme UOL Tabloide.

E esta notícia não vem de longe. Aconteceu aqui mesmo, no Brasil: no Espírito Santo, para ser mais preciso - li hoje na Folha Online e, embasbacado, republico aqui:

"Uma mulher foi atendida por um preso ao tentar registrar um boletim de ocorrência contra o marido em uma delegacia no interior capixaba, anteontem pela manhã.

A servente Tânia Mara Gualberto Santos, 41, afirma que, ao procurar atendimento na delegacia de Pedro Canário (268 km de Vitória), um preso a atendeu na entrada da delegacia, por meio de uma pequena janela em um portão de ferro.

Segundo ela, o detento perguntou que ocorrência ela queria registrar. De início, afirma Tânia, ela se recusou a contar ao preso que estava ali para denunciar agressões praticadas pelo marido contra ela. Diante da insistência, ela contou.

Em seguida, o preso disse, segundo a servente, que não havia nenhum policial no momento para registrar o caso e que ela deveria voltar no dia seguinte.

Segundo Tânia, ele ainda disse que 'um pedaço de papel não garante que o cara não vai te matar'. 'Se o cara tiver que matar, ele mata com papel e tudo.'

O superintendente de Polícia do Interior do Espírito Santo, Lauro Coimbra, confirma que um dos presos da delegacia conversou com a servente, mas nega a versão de Tânia -que só conseguiu prestar queixa contra o marido ontem de manhã. Segundo ele, havia policiais na unidade na segunda de manhã.

Coimbra diz que o preso carregava o lixo das celas para a entrada da delegacia --procedimento normal na cidade para presos de 'bom comportamento'. No entanto, diz Coimbra, ele deveria estar acompanhado por um policial. 'É uma irregularidade, porque o preso não tem que dar informações.'

O superintendente disse que uma apuração preliminar concluiu que uma escrivã já estava atendendo a duas pessoas quando Tânia chegou, e o preso recomendou que ela esperasse o atendimento terminar.

Um procedimento administrativo foi aberto para ouvir os envolvidos, inclusive o preso."

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 18h30
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Afinal, para que 2009?

2009 não tem Jogos Olímpicos.


2009 não tem Copa do Mundo. (Aliás, o único risco que a seleção brasileira corre é de, se jogar muuuito mal nas eliminatórias, ser eliminada e não disputar a próxima Copa do Mundo - coisa que nunca antes na história desse país já aconteceu.)


2009 não tem filme brasileiro indicado ao Oscar.


2009 não tem eleições.


2009 teve o início da reforma ortográfica.


É por essas e outras o quem irá inaugurar o UOL Tabloide Critica em 2009 será o próprio ano de 2009! Leia aqui ("O ano mal começou, mas já mostrou a que veio: UOL Tabloide critica 2009") e comente neste blog.

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 16h33
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Sobre o injustificável sumiço do Editor do UOL Tabloide

Caro internauta,

Pouco pode ser dito a respeito do enorme sumiço deste blogueiro. Mas, enfim, vamos aos fatos, uma vez que a verdade precisa ser preservada - e divulgada.

Tudo começou em uma noite de segunda-feira. (Tudo que é ruim começa às segundas-feiras, já reparou?) Este humilde Editor do UOL Tabloide caminhava à noite por uma travessa da avenida Paulista, aqui em São Paulo. Eis que um disco voador (infelizmente, não o da Ex-Namorada Alienígena do Editor do UOL Tabloide - lembra dela?), que sobrevoava calmamente São Paulo, escondido entre seus indefectíveis edifícios, aproveita-se de um momento de distração reflexiva do Editor do UOL Tabloide e o sequestra.

Na verdade, não foi bem um seqüestro, mas uma confusão. Feio como ele só (o Editor do UOL Tabloide parece um dragão-de-komodo de barba, mas virado do avesso), o Editor foi confundido com Ggggg Rrrrrr, um renomado guerreiro alienígena que, como muitas celebridades pelo mundo afora (mundos afora, pelo visto), resolveu passar férias no Brasil.

Como eles não falavam português, inglês ou portunhol, nem o Editor do UOL Tabloide aquele idioma estranho em que os sons saem daqueles corpos alienígenas de três orifícios diferentes a cada palavra, a comunicação demorou um pouco. Quando a confusão foi compreendida, o óvni já estava tão longe da Terra que havia ultrapassado o ex-planeta mais famoso de todos, Plutão (aliás, já imaginou o complexo de inferioridade de alguém que passou a vida inteira sendo considerado um planeta e depois foi rebaixado a planetóide?).

Enfim, retornamos. Mas Plutão fica longe. Pedi para acelerarem. Eles, gentilmente, aceleraram tanto, mas tanto, que viajamos no tempo. Entretanto, diferentemente do carro do dr. Emmett Brown (você assistiu a "De Volta para o Futuro", não?), que no primeiro do filme da série viajava para o passado, nós viajamos para o futuro (não acredite em tudo que você vê no cinema internauta: às vezes, o cinema é pura fantasia).

Então, estávamos no futuro. 3009 ou 3010, não lembro direito. Essas viagens no tempo me deixam meio confuso. Procuramos cientistas e inventores, pedindo ajuda para voltarmos ao passado deles (nosso presente), mas, pasme, as máquinas do tempo ainda não foram inventadas em 3009 - "ainda não foram inventadas" ou "ainda não serão inventadas"? Essas questões gramaticais envolvendo viagens no tempo me deixam meio confuso.

Resultado: viajamos mais uma vez ao futuro, acelerando o disco espacial na velocidade máxima. De novo, aqueles incompetentes cientistas ainda não tinha inventado (ainda não inventarão?) uma máquina do tempo. E viajamos para o futuro de novo. E de novo. E de novo. Até que, finalmente!, no século 853, encontramos uma máquina do tempo positiva e operante. Os alienígenas que me sequestraram por engano me trouxeram de volta à Terra do ano 2009, mas algumas semanas depois de quando desapareci. Foi isso.

Sei que parece inverossímil. Mas, como disse poucos parágrafos acima, a verdade precisa ser preservada - e divulgada.

Escrito por Editor do UOL Tabloide às 18h28
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Meu mundo caiu. Meu acento, também

Quando o ano vira, tudo muda. Mas nesse caso, exageraram: até o meu nome mudou. Com a tal reforma ortográfica,  o UOL Tablóide virou UOL Tabloide, e eu fui rebatizado Editor do UOL Tabloide.

Aliás, muito prazer em conhecê-lo, internauta: Editor do UOL Tabloide, a seu dispor.

Neste momento Maysa da nação, em virtude da bela minissérie da TV, eu aproveito e canto aos quatro ventos:

Meu acento caiu
E me fez ficar assim
Você conseguiu
E agora diz que falta um acento em mim

Não sei mais acentuar bem
Eu também me perdi
O acento do "pôr" ainda tem
Mas caiu o de "argui"

Sei que você entendeu
Então, se puder me explicar:
Se meu acento caiu
Como agora devo me apresentar?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h58
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook