Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Albanian, Portuguese, Sexo, Sexo, Sexo
Histórico
Busca no blog
01/05/2011 a 31/05/2011 01/03/2011 a 31/03/2011 01/02/2011 a 28/02/2011 01/01/2011 a 31/01/2011 01/12/2010 a 31/12/2010 01/11/2010 a 30/11/2010 01/10/2010 a 31/10/2010 01/09/2010 a 30/09/2010 01/08/2010 a 31/08/2010 01/07/2010 a 31/07/2010 01/06/2010 a 30/06/2010 01/05/2010 a 31/05/2010 01/04/2010 a 30/04/2010 01/03/2010 a 31/03/2010 01/02/2010 a 28/02/2010 01/01/2010 a 31/01/2010 01/12/2009 a 31/12/2009 01/11/2009 a 30/11/2009 01/10/2009 a 31/10/2009 01/09/2009 a 30/09/2009 01/08/2009 a 31/08/2009 01/07/2009 a 31/07/2009 01/06/2009 a 30/06/2009 01/05/2009 a 31/05/2009 01/04/2009 a 30/04/2009 01/03/2009 a 31/03/2009 01/02/2009 a 28/02/2009 01/01/2009 a 31/01/2009 01/12/2008 a 31/12/2008 01/11/2008 a 30/11/2008 01/10/2008 a 31/10/2008 01/09/2008 a 30/09/2008 01/08/2008 a 31/08/2008 01/07/2008 a 31/07/2008 01/06/2008 a 30/06/2008 01/05/2008 a 31/05/2008 01/04/2008 a 30/04/2008 01/03/2008 a 31/03/2008 01/02/2008 a 29/02/2008 01/01/2008 a 31/01/2008 01/12/2007 a 31/12/2007 01/11/2007 a 30/11/2007 01/10/2007 a 31/10/2007 01/09/2007 a 30/09/2007 01/07/2007 a 31/07/2007 01/08/2006 a 31/08/2006 01/07/2006 a 31/07/2006 01/06/2006 a 30/06/2006 01/05/2006 a 31/05/2006 01/04/2006 a 30/04/2006 01/03/2006 a 31/03/2006 01/02/2006 a 28/02/2006 01/01/2006 a 31/01/2006 01/12/2005 a 31/12/2005 01/11/2005 a 30/11/2005 01/10/2005 a 31/10/2005 01/09/2005 a 30/09/2005 01/08/2005 a 31/08/2005 01/06/2005 a 30/06/2005 01/05/2005 a 31/05/2005 01/04/2005 a 30/04/2005 01/03/2005 a 31/03/2005 01/02/2005 a 28/02/2005 01/01/2005 a 31/01/2005 01/12/2004 a 31/12/2004 01/11/2004 a 30/11/2004 01/10/2004 a 31/10/2004 01/09/2004 a 30/09/2004 01/08/2004 a 31/08/2004 01/07/2004 a 31/07/2004 01/06/2004 a 30/06/2004 01/05/2004 a 31/05/2004 01/04/2004 a 30/04/2004 01/03/2004 a 31/03/2004
Visitas   
 
Editor do UOL Tablóide e a Copa do Mundo no Brasil

Há assuntos que são grandes. Outros, são enormes. E há a Copa do Mundo do Brasil, confirmada nesta terça-feira, e sobre a qual o Editor do UOL Tablóide não poderia deixar de escrever algumas linhas.

Minha opinião? Mais do que uma opinião, uma constatação: ilustríssimo senhor treinador da seleção brasileira, sou um ótimo goleiro. Defendo chutes de longe e de perto, sei sair com a bola no pé ou na mão, cobro tiros de meta com muita força e sou perito na defesa de pênaltis.

Cabe dizer que também sei jogar como lateral. Sou ambidestro, então posso jogar na direita ou na esquerda. Cruzo bem, bato lateral com precisão e tenho fôlego para correr para o ataque caso o esquema seja o 3-5-2.

Na zaga: zagueiro central, quarto-zagueiro ou líbero, tanto faz. Quando marco, sou pior que carrapato; sei dar bicão pra frente com a mesma categoria com a qual cobro tiros de meta; e dou "domingadas" com elegância.

Como volante, confesso que não sou, assim, um Dunga. Mas sou aguerrido, turrão e não desisto nunca. Se me adiantarem um pouco, viro um meia com visão de jogo, chegadas fulminantes e lindos passes em profundidade.

No ataque, sou arisco. Jogo aberto, como um ponta à moda antiga, com dribles curtos e cruzamentos sob medida, mas também sou um bom centroavante, trombador, cabeceador forte e dono de chutes colocados.

Tá, tá. Sei que só disse balela nos parágrafos acima, mas alguém me convoque para jogar esta Copa!

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h34
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Resmungo e as festas modernas

O Editor do UOL Tablóide tem bons amigos. E nenhum deles resmunga tão bem quanto Resmungo, um homem à frente do seu tempo. Ou, quem sabe, um homem que viu o tempo passar e ficou lá atrás, reclamando.

Resmungo, assim como o Editor do UOL Tablóide, também é um analista social e um crítico feroz do ser humano. Ao ver o post abaixo, sobre festas modernas, resolveu opinar. Não sobre as festas modernas, mas sobre os garçons de festas modernas.

Assim diz Resmungo:
"Eu concordo 100% contigo.
Só faltou falar do barman, que estranhamente prefere dar atenção a:
1 - a amiga gostosinha que, por habitué, já conhece toda a equipe pelo nome
2 - a gostosinha que, por ser gostosinha, recebe toda a atenção
3 - o amigo habitué, iniciado no mundo dos moderninhos
4 - aos raros garçons que perambulam pela festa dando atenção, exclusivamente, a 1, 2 e 3
5 - a o que quer que esteja passando na televisão, mesmo que seja estática ("estática de qualidade!", comentaria o barman ao garçom, enquanto você, desesperado, aguarda para ser atendido)
6 - a você, pobre consumidor, que fica pendurado na balcão feito samambaia, com a diferença que essas ao menos ganham água de vez em quando
"

Resmungo com a eloqüência de sempre, meu querido amigo Resmungo.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h02
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
As festas modernas e as latas de sardinha

O que dizer dessas festas modernas? Daquelas em que só vai gente fina. Mas tanta gente fina que, onde embora caibam apenas 50, estão lá 250. Parece uma lata de sardinha, só que em vez do cheiro de peixe, há o de cigarro: gente fina e moderna fuma, mas fuma, e fuma, e como fuma...

Essas são as sardinhas; festa de moderno é muito mais apertada do que isso (foto da Folha Imagem)A comparação com a lata de sardinha não foi das melhores. As sardinhas devem conversar bastante entre si. Não tem som altíssimo, daquele que dá para ser ouvido na estratosfera, mas que te impede de conversar com uma pessoa a 15 centímetros de você. Você fica lá, gritando mais que o capitão Nascimento, repetindo 20 vezes a mesma coisa, e seu pobre interlocutor lá, sorrindo simpaticamente, balançando a cabeça em sinal de "concordo, concordo", mas pensando "que diabos será que ele está me dizendo?". Na verdade, o som em festas modernas é realmente legal, pena que você não consegue escutar com seus tímpanos sofrendo um tsunami concentrado provocado pelas ondas sonoras.

Aposto, ainda, que sardinhas não têm problema para ir ao banheiro. Se uma delas está apertada (não no sentido de estar dentro de uma lata, no outro), basta que ela peça licença e seguir calmamente rumo ao WC. Tente repetir a experiência em uma bar com capacidade máxima para 50 modernos, mas com 250. Contabilize quantas vezes você 1) pede licença em vão; 2) faz sinal com a mão, pedindo licença, em vão; 3) explica, aos gritos, que ou dão um espaço ou você vai se aliviar ali mesmo; em vão, claro; 4) toma uma cotovelada; 5) arrepende-se de estar tentando ir ao banheiro; 6) arrepende-se de ter se arrependido por tentar ir ao banheiro - afinal, você não tem opção.

E há o episódio pagamento. Repare: em festa moderna, nunca, mas nunca, mas nunca mesmo, mas nunca MESMO, o caixa fica perto da saída. Está sempre no extremo oposto. Afinal, isso obriga o moderno que está cansado e quer ir embora a passar exatamente o que ele passaria se estivesse tentando ir ao banheiro, só que duas vezes: uma para chegar até o caixa e pagar, e outra quando ele tenta achar a saída no meio da multidão.

Festas modernas são para pessoas modernas. Gente descolada, bacana, bonita, bem arrumada, que sabe tudo de música, moda etc. E que, cá entre nós, deve gostar de sofrer um pouquinho, porque não é possível...

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h38
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Resultado da luta entre Capitão Nascimento, Chuck Norris, Jack Bauer e Editor do UOL Tablóide

Se há alguém que sabe das coisas, este alguém é você, internauta. Daí, nada mais natural que você mesmo decida o resultado da luta do milênio, o embate que mudará a geopolítica mundial, definirá o rumo do preço do barril do petróleo, acabará com os 700 índices para medir a inflação, alterará a órbita de 35 cometas, 14 planetas e dois buracos negros  e, de quebra (e bota quebra nisso), apontará o cara mais macho do momento (post abaixo): Capitão Nascimento, Chuck Norris, Jack Bauer ou Editor do UOL Tablóide.

Não olhe muito para esta foto. Pode ser perigosoInternauta: Bruno
Comentário do internauta: "É uma questão difícil de se responder!! Mas se a disputa fosse no sistema mata-mata (Ahaha!) a final seria entre o Chuck e o Editor. Chuck venceria fácil o Jack e sem se esforçar muito o Editor derrotaria o Capitão. Para um cara que já ressucitou duas vezes, Jack ficaria com o terceiro lugar. E logicamente o grande campeão seria o eterno Chuck Norris!!! #:)"
Vencedor: Chuck Norris!
Comentário do Editor do UOL Tablóide: justo


Internauta
: .j
Comentário do internauta: "Capitão Nascimento consegue fazer todos os outros desistirem simplesmente falando 'você é o novo xerife!'"
Vencedor: Capitão Nascimento
Comentário do Editor do UOL Tablóide: justo

IKim Bauer, é claro. Ou você preferia uma foto do Editor do UOL Tablóide? (as duas fotos deste post são de divulgação)Internauta: Rafael Batista
Comentário do internauta: "Considerando que, obviamente, o local do confronto será em um morro carioca, indiscutivelmente, o único que sairá vivo deste combate será o Editor do UOL Tablóide. Chuck Norris tentará metralhar o Capitão Nascimento mas a tentativa será em vão afinal a arma que ele está em mãos é uma das armas cenográficas roubadas para o filme 'Tropa de Elite'. Percebendo o vacilo de Chuck, o Cap. Nascimento lhe dá uma botinada. Ajoelha no peito de Chuck dizendo: "Você é molequeeeee!!" Enquanto isso, sem que ninguém tivesse percebido (nem mesmo o árbitro) Jack Bauer terá armado uma bomba. Mas Bauer está acostumado com tecnologia americana e quando percebe que a bomba tem componentes de péssima qualidade roubados de um paiol do exército situado no RJ já é tarde demais. Todos explodem: Bauer, Chuck, o Cap. Nascimento e o árbitro. Mas espere! Cadê o Editor do UOL Tablóide? Face ao currículo do indivíduo, é claro que ele estará tentando dar uns pegas na Kim Bauer. Sem sucesso mas com uma vitória por WO."
Vencedor: Editor do UOL Tablóide!
Comentário do Editor do UOL Tablóide: a humildade me impede de comentar

Internauta: Ana
Comentário do internauta: "Você esqueceu de Obina. Ele já venceu Chuck Norris várias vezes..."
Vencedor: Obina!!!
Comentário do Editor do UOL Tablóide: como não pensei nisso antes?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h25
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Capitão Nascimento, Chuck Norris, Jack Bauer ou Editor do UOL Tablóide?

Imagine uma luta sem limites. Um ringue, um árbitro numa armadura (para não se machucar), nenhuma regra, e quatro machos bem machos, daqueles que não têm medo do escuro, o escuro é que tem medo deles. Vale tudo, só as regras é quem não valeriam. O último a cair seria o vencedor!

Capitão Nascimento - especialista em combate com qualquer tipo de arma, especialmente perdigotos. Quando ele berra "Você é moleque! Mo-le-que! Pede para sair!", 115% dos membros do pelotão dele pedem primeiro uma toalha para secar o rosto, e depois pedem para sair.
Chuck Norris - aquele que já contou até o infinito (duas vezes!), que consegue dividir por zero, que joga roleta russa com uma arma inteiramente carregada - e ganha, que fala de si mesmo na quarta pessoa do singular etc. etc. etc.
Jack Bauer - antes de qualquer coisa: é o pai daquela gracinha da Kim Bauer. É invencível, incorruptível e já morreu e ressuscitou duas vezes. Além disso, dirige de carro em São Paulo e não pega trânsito. Impressionante!
Editor do UOL Tablóide - o currículo fala por si.

Quem venceria?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 20h46
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Romário, o técnico de futebol

Como ninguém pensou nisso antes?

O Baixinho treinando um time! Sensacional! O Editor do UOL Tablóide é a favor de tudo que envolva o Romário. Baixinho para técnico de time! Baixinho para técnico da seleção! Baixinho para preparador físico! Baixinho para chefe de delegação em torneios importantes! Baixinho para comandar as equipes de base! Baixinho para técnico da seleção de futvôlei! Baixinho para treinador da seleção de futsal! Baixinho para capitão da seleção de futebol de praia! Baixinho para comandante da seleção de futebol de mesa! Baixinho para organizador de campeonato de pebolim, Fifa 08 e Winning Eleven! O Baixinho é o cara!

A única coisa que eu não sei se o Baixinho faz bem, peixe, é contabilizar gols...

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 12h04
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
O Monstro do Trânsito

Henry L. Jekyll, quando toma uma misteriosa poção, vira o Edward Hyde.
Bruce Banner, quando fica nervoso, vira o Hulk.
O Hulk, quando fica nervoso, vira o Chuck Norris (há controvérsia).
Já o Monstro do Trânsito não precisa ficar nervoso para se alterar. Basta que ele entre no carro e pronto: seus neurônios entram em estado de hibernação, seus olhos e ouvidos passam a ignorar completamente as pessoas que estão em seu carro e tudo o que lhe importa, daí em diante, são os erros cometidos por outros motoristas.

Exemplo de uma conversa do Monstro do Trânsito e sua namorada:

- Então, querido, o que acha de darmos este livro "Poesias Poéticas" para sua mãe no aniversário dela? É aquele que tem todas as letras do Trocadalho do Carilho, a banda do Editor do UOL Tablóide. O que você acha?
- Eu acho que não acredito que esse imbecil vai mudar de faixa sem dar a seta, pronto, olha lá, mudou de faixa sem dar seta, onde ele acha que está?, (buzina e gritaseu imbecil!, e aquele cara ali na frente, (buzina e gritaacelera, ô, imbecil, o pedal da direita tá aí para quê?, e aquele cara tentando fazer uma baliza, mas não é possível, uma criança de um ano já teria feito essa baliza com uma mão segurando a mamadeira (buzina), e onde aquele idiota pensa que vai tentando atravessar a rua ali, (buzina e gritaô, animal, faixa de pedestre existe para quê?, e esse babaca que passou correndo aqui do meu lado, acha que está correndo num GP de Fórmula 1, (buzina) tomara que sofra um acidente e o carro dele fique completamente arregaçado para largar mão de ser babaca, e aquele cara ali no canto, (buzina e gritanão sabe fazer a curva, béocio?, e esse infeliz aqui da frente tinha que pagar dois IPVAs, tá ocupando duas faixas ao mesmo tempo, (buzina e gritase decide, ô, pateta!, e aquele cara ali, será que não tem vergonha de sair na rua com um carro tão sujo (buzina), e você aí atrás, (buzina e gritapára de buzinar, capadócio!, tá querendo vender a buzina?, e aquele boyzinho com aquele carrinho lustrado, tá achando que é a última bolacha do pacote porque poliu o carrinho, (buzina e gritagrande droga! teu carro é um lixo! você não sabe dirigir, boyzinho!, e esse trânsito, (buzina) aposto que é culpa de algum estrupício que se perdeu e agora fica pedindo informação e enchendo o saco, e o que o cara do carro ao lado tá xingando?, (buzina e gritacala a boca, animal, ninguém tem nada a ver com o seu mau-humor! Pronto, chegamos, finalmente. Falou alguma coisa, meu docinho de coco?

O Monstro do Trânsito é assustador, internauta.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h37
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Mensagem para você, Jack

Euzinha leu Mais 25 teses mais ou menos sérias sobre a série "24 Horas"  e manda um recado: declara que Jack Bauer já Elvis, agora ela só tem olhos para o Capitão Nascimento ;)

(e o Editor do UOL Tablóide, como é que fica?)

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h04
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Conversas com o Resmungo
Editor do UOL Tablóide - E aí, Resmungo, tudo bem?

Resmungo
- Você sabe, né, Editor... Aquela zona de sempre. No trabalho, então, nem se fala. Você sabe que eu não sou de fofocar ou de julgar os outros, mas vou te contar, viu. O A tá complicado. Chato mesmo. Anda tretando direto com o B, que, convenhamos, sempre foi um mala. Lembra aquela vez que ele brigou com o C? Cara, até hoje eles não se falam. O C, também, baita rancoroso. Não é como eu, que nem menciono mais aquela sacanagem que o D fez comigo. Não gosto de falar com ele, claro, o D é o maior sacana, mas sou educado, diferente do E, que, depois daquele barraco com o F e o G, tá no maior climão lá. E vamos combinar que os três estavam errados, né? O E é um pulha, e o o F e o G, bom, o currículo fala por eles. O H discorda de mim, acha que a culpa era do I. Eu acho que o H julga demais, que, o I é inocente. Ele só é trouxa. O I errou mesmo naquele lance com a L, devo ter te contado. A L saía com o M e dava em cima do N, e o I, sei lá a razão, deixou escapar na frente do O, que contou tudo. O O, também, vou te contar, baita dedo-duro. Eu não contaria, que eu não sou de fofoca. Se bem que a L, maior vagabunda. E o M mereceu ser corno, todo blasé e babaca que é. O N não é bobo, tava de olho. Ali não se salva um, cara. Não sei como a P atura o N. Ela via que ele tava dando moleza para a I, mas sei lá, não fez nada. A P não se valoriza. É o oposto da Q, que se acha demais. Fica andando daquele jeito, como se fosse rainha do mundo. Parece a R, toda cheia do nhenhenhém. Mais boba que ela, só o S. Cara, ele não é só bobo, é burro, insuportável. Lembra aquele lance com a T contra o U? O S deu razão para ela. O U é um idiota, claro, vive se metendo na vida dos outros, mas a T era a culpada. Até o V, que sempre puxa o saco dela, admitiu que ela estava errado. Mais puxa-saco que o V, aliás, só o W, que, meu, só X atura. Como é que pode alguém ser tão chato?

Editor do UOL Tablóide
- Resmungo, não sei o que é mais impressionante: você saber tanto da vida dos outros ou você julgar de maneira tão  peremptória todo mundo.

Resmungo
- Eu? Não sei do que você tá falando, cara. Aposto que é coisa que a Y e o Z colocaram na sua cabeça. Também, aqueles dois... Te contei daquela vez em que...
 
Etc. etc. etc.
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h05
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Qual a sua tese sobre '24 Horas'?

Recentemente, o UOL Tablóide publicou 25 teses sobre a série "24 Horas". Duas delas, para você, leitor, sentir o gostinho:

1) Em '24 Horas', o terror é dialético. Sem o apoio das informações de "traidores" e "infiltrados", os terroristas não poderiam ser tão ousados. Sem o terrorismo, Jack Bauer e colegas não teriam emprego.

2) Quanto mais perigoso o ataque terrorista, mais perigoso fica Jack Bauer. Quanto mais perigoso Jack Bauer, maior o risco de uma catástrofe.

O Editor do UOL Tablóide gostou da repercussão, mas acha que tem pouco a acrescentar nesta história. Por isso, ele pede ajuda dos internautas para publicar o texto "Mais 25 teses mais ou menos sérias sobre a série '24 Horas'".

Mande sua contribuição. Por que as séries de TV são também um grande UOL Tablóide.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h20
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Miss Brasil solteira: não tenho culpa

Natália Guimarães (abaixo, em foto de Alexandre Schneider/Folha Imagem), a elegante Miss Brasil 2007 e segunda colocada no Miss Universo (injustiça! injustiça!), está solteira.

Natália Guimarães, a Miss Brasil: a tia Izildinha gostou!

Toda vez que uma beldade deste porte fica solteira, o nome do Editor do UOL Tablóide aparece como o de provável causa do rompimento. Já estou ficando farto disto. Queridos colegas da imprensa: não tenho nada a ver com isso! Por mais que o meu charme não deixe transparecer, sou mais feio que o Sloth, do filme "Os Goonies"!

A Natália, devo admitir, nem sabe que eu existo. Não perceberia que eu existo nem se eu estivesse com uma melancia pendurada no queixo, plantando bananeira para ficar mais difícil, a um raio de um metro dela, recitando "Os Lusíadas" em latim, na língua do pê e de trás para a frente. Ela desconhece completamente a minha quase sempre humilde existência.

Infelizmente.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h42
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Dedicatória

O Editor do UOL Tablóide viveu coisas incríveis nesta metade de mês. Entre elas, foi, no sábado, à sensacional festa do boi maranhense no Morro do Querosene, em São Paulo. Como a mestiçagem cultural é grande na área, uma das barraquinhas servia yakisoba.

Mas ele escreve este post especialmente para agradecer com atraso a dedicatória da dedicada pesquisadora do IEB-USP, Monica Dantas, autora de "Fronteiras Movediças: a comarca de Itapicuru" e a formação do arraial de Canudos, lançado recentemente num restaurante de comida baiana.

O acarajé tava bom (pequeno, mas bom), mas o Editor do UOL Tablóide tem certeza de que o livro vai ser melhor. Ele é gordinho (tem 471 páginas) e pára em pé, segundo as melhores fontes acadêmicas do Editor, que promete lê-lo depois de terminar a nova edição de Tio Patinhas.

; )

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h31
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ai, Mônica Veloso...

Li hoje na Folha Online:

"Playboy" de Mônica Veloso esgota nas bancas do Congresso

Nas bancas do Congresso e em muitas outras, diria meu amigo e vidente Quarto Olho.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 21h00
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ai, Yang Huiyan...

Li hoje na Folha de S.Paulo:

Com 26 anos e US$ 16,2 bilhões, Yang Huiyan é mais rica da China

Muito prazer, dona Yang. Meu nome é Editor do UOL Tablóide, sou tão velho que me chamam de Matusalém, tão bonito que me chamam de Sloth (de "Goonies") e não sou o mais rico nem do prédio em que eu moro, que dirá de um país gigantesco como a China.

Quer me conhecer? É só deixar um recadinho neste blog. De preferência em português, que eu não falo chinês, viu?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 20h58
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
RECADOS, RECADOS, RECADOS E UMA PERGUNTA FILOSÓFICA (parte 1)

Segunda-feira
(por telefone)
- Alô, Editor do UOL Tablóide? É o Resmungo, beleza? Vamos jantar no próximo domingão?
- Claro, Resmungo! Onde e que horas?
- Às 20h, Eddy, no De Sempre.
- Fechado!

Terça-feira
(por e-mail)
From: Resmungo
To: Editor do UOL Tablóide
Salve, Eddy!
Domingo: confirmado! O Zé Cachacinha, o Afiado, o Tranqueira e o Homem-Cacto confirmaram!
Abração,
Resmungo

Quarta-feira
(por UOL Messenger)
Resmungo diz: não vai furar domingão, hein, Eddy?

Quinta-feira
(por UOL K)
De: Resmungo
Assunto:UOL K - nova amizade
Mensagem: Eddy do UOL Tablóide!
Domingo, hein?
Abra!

Quinta-feira
(por torpedo, via celular)
Resmungo: olha lá, Eddy do UOL Tablóide!

Sexta-feira
(pelo celular)
- Alô, Editor do UOL Tablóide? É o Resmungo, beleza?
- Fala, Resmungo!
- Tá acabando a bateria, mas só para te lembrar de domin...

Sábado
(pelo UOL Cartões)
De: Resmungo
Para: Editor do UOL Tablóide (Eddy! Meu garoto!)
http://cartoes.uol.com.br/idx_monta.html?urls=6085|tema/bar/uol|convites|Chopp

Domingo
10h
(no Bate-papo UOL)
Resmungo diz: O Eddy tá nesta sala, gente?

Continua no post abaixo

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h21
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
RECADOS, RECADOS, RECADOS E UMA PERGUNTA FILOSÓFICA (parte 2)

Continuação do post acima

Domingo
19h30
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Oi, Resmungo! Já tô indo pro bar! Abração!

20h
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Oi, Resmungo! Já estamos aqui, e o Afiado já começou a reclamar! Você tá vindo?

20h30
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Resmungo, o Zé Cachacinha tá com dor de garganta e não vai beber. O Afiado reclamou que o chope daqui parece suco de abacaxi. Cadê você?

21h
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
O Tranqueira não vem, foi beber com uns caras que são "tranqueira" como ele. Acho que a mulher dele não deixou ele sair hoje. Você vem ou não?

21h30
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Resmungo!

22h
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Resmungo!!

22h30
Aqui é o Resmungo. Você, o sinal, sua mensagem. Anda logo.
Bip
Resmungo!!!

Pergunta filosófica do Editor do UOL Tablóide: para onde vão as ligações destinadas ao Resmungo quando ele está dando cano nos amigos? Para a secretária eletrônica, de onde as mensagens serão apagadas sem que Resmungo ao menos as tenha ouvido? Para o vácuo? Para o éter? Para a secretária eletrônica do Chuck Norris? Para o limbo? Para outra dimensão? Para a eternidade e além?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h21
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
FUTEBOL: E SE SEU TIME PERDER?

Seu time vai jogar neste final de semana? OK, pergunta estúpida. Claro que vai. Todos vão.
A questão é: e se seu time perder, como é que fica? Você é daqueles chatos que enche o saco de qualquer cidadão a um raio de 125 km cada vez que seu time ganha uma, mesmo que seja com um gol de pênalti roubado? Se for, imagino como você fique quando seu time dá vexame...
Então, em mais um serviço de utilidade pública do UOL Tablóide, venho aqui te trazer desculpas que você sempre poderá usar quando o seu timaço fizer o favor de perder justamente para aquele timinho que você odeia tanto:
 
- o árbitro roubou
- o cara que fez o gol estava impedido
- o árbitro roubou muito
- a polêmica sobre a possível contratação daquele cara que joga na Europa atrapalhou o desempenho da equipe
- o árbitro roubou desesperadamente
- foi pênalti naquele lance lá (qualquer um)
- o árbitro roubou desesperadamente muito
- o bandeirinha marcou um impedimento que não existia
- o árbitro roubou até o dinheiro das entradas
- aquele pássaro que sobrevoou o estádio 50 minutos antes de o jogo começar deu azar
- o árbitro roubou e deveria ser expulso da Fifa
- foi um resultado injusto
- o árbitro roubou e só não vai ser expulso da Fifa porque até lá os árbitros roubam
- o meu time tinha 18 desfalques
- o árbitro roubou em um conluio da Fifa, da CBF e da Nasa para encobrir o fato de que o homem nunca pisou na Lua
- foi uma escorregadela; qualquer um que entende de futebol sabe que foi um massacre e que os adversários jogaram para a torcida
- o árbitro roubou em um conluio da Fifa, da CBF, da Nasa e da CPI dos Árbitros de Futebol que Atuam de Amarelo
- culpa da imprensa, que fica criando mal-estar no time
- o árbitro roubou, o que eu posso fazer?
- os jogadores não têm mais amor à camisa; na época do Arthur "El Tigre" Friedenreich não era assim! Mercenários! 
- já mencionei que o árbitro roubou?

Esqueci alguma desculpa, amigo torcedor?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 20h22
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
A DEMISSÃO DO GERÚNDIO - CARTA DO PARTICÍPIO

Depois do Gerúndio e do Infinitivo, hoje é a vez de o Particípio comentar a demissão do nosso amigo Gerúndio (que também foi tema da coluna de hoje do professor Pasquale Cipro Neto). Este carta é cortesia do internauta e amigo Hermes A. S. Moura.

Obrigado, Hermes. Sua participação é muito importante, bem como a do Particípio. Afinal, dizem que o papel do Particípio é participar.

"Caro Gerúndio:

Já me sinto demitido. Depois da sua demissão tenho ficado mais preocupado; se ele mandou você embora, é bem possível que tenha pensado em me demitir também. É sempre a mesma coisa: a corda tem estourado somente do lado mais fraco. Os aspones não têm trabalhado, mas têm encontrado uma forma de ser desculpados, e nós temos pagado o pato. Amigos que têm procurado a Justiça do Trabalho disseram ter recebido todos atrasados (exceto os trabalhos engavetados). Responda-me uma coisa: essa moda tem pegado em Brasília? Eu estou convencido de que a Língua não é o maior problema do Brasil, mas sim a Educação, você não tem achado?

Boa sorte!

Particípio"

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 14h39
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
A DEMISSÃO DO GERÚNDIO - CARTA DO PRÓPRIO GERÚNDIO

Leia a notícia aqui.

"Querido Editor do UOL Tablóide:

Estou escrevendo para estar demonstrando a minha indignação com a minha demissão do Distrito Federal. Vou estar continuando meu trabalho em prol da comunicação, da língua portuguesa e dos alunos que estão tendo que escrever uma redação de 1.600 palavras e vão estando sem idéias para tanto texto e precisando de ajuda para estar concluindo a redação, mas acabei perdendo este emprego.

Fui demitido, amigo Editor, por decreto. Segundo meu ex-patrão, eu estaria significando a falta de conclusão dos trabalhos. Ou seja: os assessores de meu ex-patrão estariam sempre "fazendo, providenciando, estudando, preparando, encaminhando", mas nunca concluindo. Aí, em vez de estar demitindo os assessores, o demitido fui eu.

Querido Editor do UOL Tablóide: estou tendo a impressão errada ou a lógica do meu ex-patrão não está sendo lá muito lógica?

Sempre seu,

Gerúndio"

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h14
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
A DEMISSÃO DO GERÚNDIO - CARTA DO INFINITIVO

Leia a notícia aqui.

"Querido Editor do UOL Tablóide:

Estou a escrever para demonstrar minha indignação com a minha demissão do nosso Gerúndio do Distrito Federal. Uma forma nominal como esta, que sempre esteve a trabalhar, a fazer, a criar em prol da comunicação e da língua portuguesa, não deveria estar nesta situação. Alguém que só fez batalhar, progredir, ajudar, crescer.

Ao examinar, amigo Editor, esta demissão, fica a pensar que culpar alguém talvez seja não encarar a razão dos problemas, mas procurar a saída mais fácil e inventar um bode expiatório. No caso, nosso amigo Gerúndio.

Estou a sentir que é hora de agir, amigo Editor. De xingar, reclamar, protestar, barafustar, gritar, puar, vociferar, agitar, tentar reverter. Enfim, botar pra quebrar.

Do seu amigo,

Infinitivo"

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h14
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
SERÁ QUE EU SOU CHATO?

Esta é uma homenagem do Editor do UOL Tablóide a um grande amigo seu:

"Quando eu converso com alguém, gosto de atenção. Por isso, coloco a mão no seu ombro, puxo par bem perto de mim e falo sem parar.

Jamais tiro a mão do ombro de uma pessoa enquanto estou conversando com ela. Eu, hein? Ajuda a mantê-la por perto e fica mais difícil que ela vá falar com outra pessoa. Como eu disse, eu gosto de atenção!

Quando inicio um assunto, gosto de ir nele até o final. Mesmo que isso signifique falar por 45 minutos com a mão no ombro do meu interlocutor. Nunca permito que interrompam meu raciocínio: falo até o final. Não gosto de interrupções, gosto de atenção.

Quando alguém vem falar comigo, o que infelizmente é raro, dou no máximo 15 segundos para que ela prenda a minha atenção. Depois, coloco a mão no ombro dela e falo. Mas falo muito.

O legal a meu respeito, já reparei, é que eu sei como prender a atenção das pessoas. Faço pausas dramáticas, dou risadas antes de contar uma coisa impressionante, emito locuções como "cara, você não acreditar", "isso só acontece comigo", "você não imagina o que me aconteceu", "minha vida daria um ótimo livro" etc. Expressões como essas não são para qualquer um, só para quem tem muita história para contar, como eu. Eu faço tudo isso e muito mais, só não tiro a mão do ombro, porque sempre ajuda a manter a atenção do interlocutor e o alto nível da conversa.

Não gosto que coloquem a mão no meu ombro. Sei lá, este negócio de se apoiarem em mim... Tenho cara de móvel?

Nunca entendi porque não tenho muitos amigos, ou porque meus amigos só saem comigo uma única vez, e depois, nunca mais. Será que eu sou chato?"

OK, dizer que esta foi uma homenagem a um grande amigo meu talvez tenha sido um exagero.

Ou uma ironia.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h06
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook