Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Albanian, Portuguese, Sexo, Sexo, Sexo
Histórico
Busca no blog
01/05/2011 a 31/05/2011 01/03/2011 a 31/03/2011 01/02/2011 a 28/02/2011 01/01/2011 a 31/01/2011 01/12/2010 a 31/12/2010 01/11/2010 a 30/11/2010 01/10/2010 a 31/10/2010 01/09/2010 a 30/09/2010 01/08/2010 a 31/08/2010 01/07/2010 a 31/07/2010 01/06/2010 a 30/06/2010 01/05/2010 a 31/05/2010 01/04/2010 a 30/04/2010 01/03/2010 a 31/03/2010 01/02/2010 a 28/02/2010 01/01/2010 a 31/01/2010 01/12/2009 a 31/12/2009 01/11/2009 a 30/11/2009 01/10/2009 a 31/10/2009 01/09/2009 a 30/09/2009 01/08/2009 a 31/08/2009 01/07/2009 a 31/07/2009 01/06/2009 a 30/06/2009 01/05/2009 a 31/05/2009 01/04/2009 a 30/04/2009 01/03/2009 a 31/03/2009 01/02/2009 a 28/02/2009 01/01/2009 a 31/01/2009 01/12/2008 a 31/12/2008 01/11/2008 a 30/11/2008 01/10/2008 a 31/10/2008 01/09/2008 a 30/09/2008 01/08/2008 a 31/08/2008 01/07/2008 a 31/07/2008 01/06/2008 a 30/06/2008 01/05/2008 a 31/05/2008 01/04/2008 a 30/04/2008 01/03/2008 a 31/03/2008 01/02/2008 a 29/02/2008 01/01/2008 a 31/01/2008 01/12/2007 a 31/12/2007 01/11/2007 a 30/11/2007 01/10/2007 a 31/10/2007 01/09/2007 a 30/09/2007 01/07/2007 a 31/07/2007 01/08/2006 a 31/08/2006 01/07/2006 a 31/07/2006 01/06/2006 a 30/06/2006 01/05/2006 a 31/05/2006 01/04/2006 a 30/04/2006 01/03/2006 a 31/03/2006 01/02/2006 a 28/02/2006 01/01/2006 a 31/01/2006 01/12/2005 a 31/12/2005 01/11/2005 a 30/11/2005 01/10/2005 a 31/10/2005 01/09/2005 a 30/09/2005 01/08/2005 a 31/08/2005 01/06/2005 a 30/06/2005 01/05/2005 a 31/05/2005 01/04/2005 a 30/04/2005 01/03/2005 a 31/03/2005 01/02/2005 a 28/02/2005 01/01/2005 a 31/01/2005 01/12/2004 a 31/12/2004 01/11/2004 a 30/11/2004 01/10/2004 a 31/10/2004 01/09/2004 a 30/09/2004 01/08/2004 a 31/08/2004 01/07/2004 a 31/07/2004 01/06/2004 a 30/06/2004 01/05/2004 a 31/05/2004 01/04/2004 a 30/04/2004 01/03/2004 a 31/03/2004
Visitas   
 
Diário do Equador

Quito é mesmo de tirar o fôlego. E não estou falando só das belezas naturais e da preservada herança colonial. A mais de 2.800 metros de altitude, a cidade é a segunda capital mais alta do mundo (só perde para a boliviana La Paz), e os efeitos do ar rarefeito são sentidos a cada movimento mais brusco. A impressão que fica é que não há oxigênio para todo mundo. Quem tiver o pulmão mais forte e inspirar com mais força, leva.

 

Os efeitos da altitude são sérios e têm até nome: síndrome da altitude. Há quem sinta enjôos, tonturas, perda de apetite e quedas súbitas de pressão. Felizmente, este enviado ficou restrito a uma leve dor de cabeça. Perda de apetite, jamais!

 

Veja abaixo imagens do Centro Histórico da cidade:

 

 

 

Agora, tenha uma visão geral de Quito, na atualidade:

 

 

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 21h26
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Homenagem a quem?

O comitê organizador do Miss Universo caprichou na recepção aos jornalistas internacionais. Preparou um coquetel em uma colina nos arredores da capital, completamente coberta por uma neblina densa. Na entrada, músicas tradicionais, jogos de luzes, projeções em vídeos e dezenas de pessoas vestidas com trajes típicos. Houve show com a orquestra juvenil do Equador, discurso da ministra do Turismo, e um farto jantar com pratos regionais. O objetivo era promover o país e sua gente. Uma pena que os equatorianos, supostos homenageados da festa, eram mantidos a certa distância do local graças às barreiras policiais e aos soldados fortemente armados que cercavam o prédio. Mas tenho certeza que mesmo longe e debaixo de uma garoa fina, eles se sentiram homenageados. (Atenção: para os que não perceberam, a frase anterior foi terrivelmente irônica).

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 21h21
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Crise no futebol do Rio

Árbitro favorece o Fluminense, e seleção cubana deixa o campo.
Só assim para um time carioca ganhar jogo, é?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h22
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lição de casa - um livro, um disco, um filme
Amigo internauta. Após passar dias encafurnado no trabalho, sobreviver a um plantão kafkiano, trabalhar horas e horas a fio, combustar os poucos neurônios que eu tinha, ser alvo de insultos de colegas mal-humorados, ser alvo de insultos de colegas bem-humorados mas que estavam mal-humorados, ser alvo de gracejos de colegas que se consideram engraçados: VÁ TOMAR MUITO SOL , ANDE NA RUA , VÁ AO PARQUE !!!
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h21
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
O bom e velho Nova
Entrevistei o Marcelo Nova. Que figura. Bem-humorado, inteligente. E pegou no meu pé:
"Meu caro, eu vou lhe dizer uma coisa: a vida é boa, mas não é justa. Nem um pouco. Acostume-se com isso"
"Acostumar pressupõe acomodar. Acomodar: jamais! Minha raiva se mantém intacta"
No final, quando eu estava indo embora: "E juízo, hein?"
E você: o que achou da entrevista, hein?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h47
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
111 anos de pura vitalidade!
Ah, vá! Um alemão de 111 anos revelou seu segredo para viver tanto: NÃO fazer esportes e uma cerveja  por dia!
E aquele papo do meu médico de que beber faz mal à saúde??  Que devemos fazer, no mínimo, uma hora de exercícios por dia??? E todos esses anos que eu passei de dieta, fazendo exercícios (nadando, correndo...)????  Será que fui enganado!?!?!?!?!!?!
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h46
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Sorria! É uma ordem!

Você viu? Os guardas russos que ficam nas fronteiras do Estado terão que... sorrir mais! Nada contra sorriso, muito pelo contrário, mas... Mandar alguém sorrir não é um pouco demais?
E você, amigo internauta? O que te faz sorrir?
Uma HQ com as personagens Disney?
Um filme do Jerry Lewis? (Adam Sandler serve!)
Aquele pentelho arrogante que se acha "o" cara tomando um fora homérico? 
Teu vizinho barulhento sendo multado por excesso de barulho?
Uma videocassetada NÃO criada artificialmente para aparecer na TV?
Aquele loroteiro chato tendo uma mentira desmascarada ao vivo e em cores?
O Corinthians tomando outra goleada?
Hã... este blog?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h47
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Miss Universo 2004

Existe o Nobel da Paz. A Copa do Mundo (de futebol, é claro). A final olímpica de duplas mistas de badminton.
E existe o Miss Universo.
Ciente de suas responsabilidades enquanto jornalista, o editor do UOL Tablóide preparou uma cobertura especial deste evento - com direito até a um enviado especial a Quito (Equador), que receberá o lindo, formoso, simpático, elegante, charmoso, donairoso e garboso evento.
Diante disto, te faço uma pergunta, amigo internauta: para que serve o Miss Universo, hein?
Para realçar a união entre os povos, que, diferentes que são, sabem apreciar e respeitar as outras culturas?
Para realçar a diferença entre os povos, que, unidos que são, sabem apreciar e respeitar as outras culturas?
Para os homens terem do que falar durante a reunião de condomínio?
É a uma bela desculpa para passar o dia inteiro clicando em fotos de beldades de maiô?
É a uma bela desculpa para passar o dia inteiro clicando em fotos de beldades de maiô e melhorar o humor?
É a uma bela desculpa para discussões (de preferência em mesas de bar, e sine qua non, entre amigos), sobre o que é machista, o que é feminista, e o que está acima dessas definições?
É o Miss Universo e ponto final?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h25
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Não, eu não sou...
Um momento de revelação, amigos internautas:
Não, eu não sou o Ricardo Feltrin - tem muita gente que me pergunta isso nos comentários
Não, eu não sou o Rodrigo Santoro - tem muita gente que me pergunta isso nas ruas
Não, eu não sou um dos filhos do Pelé - tem muita gente que me pergunta isso nas quadras
Não, eu não sou o irmão mais bonito do Brad Pitt - tem muita gente que me pergunta isso nos bares
Não, eu não sou egocêntrico...
Tá, admito. Sou egocêntrico. Mas só um pouquinho!
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h20
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Um pouquinho de futebol
Leio uma notícia dos meus amigos do Pelé.Net: Flamengo culpa a falta de gols pela campanha ruim no Brasileiro. Esse pessoal do Flamengo tem muito a aprender com o filósofo pós-moderno Carlos Alberto Parreira: o gol é um mero detalhe!
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 15h19
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Grandes nomes do terror brasileiro
Assisti a um filme ("Van Helsing") que misturava grandes personagens do terror anglo-saxônico. Pensei, pensei, pensei e reparei uma coisa: nós, brasileiros, estamos muito bem servidos de personagens de terror. Exemplo:
- se eles têm lobisomem, nós temos o Chupacabra...
- se eles têm Drácula, nós temos Bento Carneiro, o vampiro brasileiro...
- se eles têm o corcunda Igor, nós temos o cigano Igor...
- se eles têm dragões e mais dragões, nós temos o Dragão da Inflação...
E isso sem falar em Penadinho, o E.T. de Varginha, o Zé do Caixão, o tal do Mercado (aquele que quando fica de mau humor o dólar sobe e a Bolsa cai), o Saci Pererê, Boitatá, Curupira...
Quem mais, hein?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h31
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lição de casa - um filme, um disco, um livro

Hoje, antes de vir, arrastado, para o meu plantão, fiz a festa em um sebo em Pinheiros. Show de bola.
Por isso, estou saudosista e vou sugerir obras da antiga (ou quase isso, sempre depende do referencial!):
LIVRO - "Pergunte ao Pó", de John Fante. Comentário: show.
DISCO - qualquer um de Noel Rosa. Comentário: show.
FILME - "O Grande Ditador", de Charles Chaplin. Comentário: show. Comentário pós-comentário: o último discurso é maravilhoso...

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h31
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Recordes mundiais
A foto abaixo comprova: 81 universitários britânicos, que não tinham muito o que fazer, resolveram bater um recorde mundial. Aí escolheram quebrar o recorde de... maior número de peladões andando ao mesmo tempo em uma montanha-russa! Meu Deus! E isso lá é recorde?
Aliás, que recorde mundial falta inventarem, hein?
- Maior número de pessoas nuas dentro de um carrinho de bate-bate?
- Maior número de pessoas nuas dentro de um ringue de boxe?
- Maior número de pessoas nuas dentro de uma casa de espelhos em um parque de diversões?
- Maior número de castelinhos de areia construídos por uma pessoa nua em uma mesma praia?
- Maior número de castelinhos de areia construídos por pessoas nuas diferentes em uma mesma praia?
- Maior número de castelinhos de areia construídos por pessoas nuas diferentes em praias diferentes?
- Maior número de iogurtes de sabores diferentes dentro de uma geladeira?
- Maior número de camisinhas de sabores diferentes dentro de um criado-mudo?
- Maior número de sugestões em um comentário de um blog para novos recordes mundiais?
E você: que recorde gostaria de bater, hein?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h39
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
As ex e as frases das ex

Não sei vocês, mas eu tive poucas namoradas... e, em compensação, uma vasta coleção de frases inesquecíveis. Boas, más... Inexplicáveis, como "corre pra escada que depois eu te explico!".
Selecionei aqui, cinco piores... As boas eu deixo para depois!
- Olha, eu estou saindo de um relacionamento complicado...
- Não! Não é nada contra você... É que eu sou muito confusa!
- É que eu tô em outra, sabe?
- Eu te amo como se você fosse meu irmão!

E a pior de todas, de longe:
- Eu não quero perder a amizade!

E você, amigo internauta, o que conta?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h40
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lei de Murphy
Você já saiu de casa ultra-atrasado, e o pneu do seu carro furou, o borracheiro do bairro não foi trabalhar, seu vizinho que poderia te dar carona está doente - e, pra piorar, os motoristas de ônibus entraram em greve?
OU
Você já viajou ultra-estressada, precisando apenas de sol, mar, sossego e silêncio, e descobriu que alugou um quarto parede-com-parede com um estúdio onde uma banda de trash metal ensaia - e, pra piorar, você presenciou a semana de maior dilúvio da história da cidade?
OU
Você passou dias pesquisando, entre amigas, quais as melhores flores e bombons com os quais você poderia agradar aquele anjo lindo e, depois de gastar os tubos, descobriu que ela é alérgica a chocolate e flores - e, pra piorar, recém começou a namorar o ciumentíssimo campeão nacional de jiu-jítsu?
OU
Tudo que pode dar errado, dá - infalível mesmo, só a Lei de Murphy. Você concorda?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h39
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lula e os bingos
Este humilde editor não costuma meter o dedo em política... Mas vai abrir uma exceção e emitir sua opinião sobre a longa celeuma com os bingos. E a minha opinião é: ouçam a música "Lula Lula Don't You Go To Bingo"!!! Isto que é música atual, hein? Muito obrigado, Boozoo Chavis!
(E um grande abraço ao amigo Babu, que descobriu esta pérola!)
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h47
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lição de casa: um livro, um filme, um disco

Amigo internauta... as sinceras sugestões do Editor do UOL Tablóide para quem não tem um zilhão de obrigações familiares neste final de semana (meu caso!):

Livro: "Sexo é Uma Coisa Suja", de Angeli. O tema é... sexo. O autor é... Angeli. Precisa dizer mais? Não, mas eu digo mesmo assim: na opinião deste humilde escriba (OK, não tão humilde assim), um dos maiores quadrinistas brasileiros da atualidade E do século passado... Péricles, J. Carlos, Belmonte... Angeli! (entre outros, é claro...). O quê? Você não conhece Péricles, J. Carlos, Belmonte? Não é possível!

Filme: amigos, vi "Diários de Motocicleta". E gostei muito. Há uma cena de um filme brasileiro da década passada em que um jovem que quer ser cineasta pergunta a um diretor consagrado: "O que é preciso para ser um bom diretor?" Resposta: "Saber contar uma história e ter vivido."
Che viveu intensamente - esta viagem retratada no filme é boa pacas. E o Waltinho sabe contar histórias! Vale ver...

Disco:  "O Sol Nascerá", Cartola. Você gosta de MPB? Então, já deve ter ouvido várias músicas deste álbum. E digo mais: acho que deve concordar comigo - vale a pena ouvir de novo!!! "Preste atenção querida... Embora eu saiba que estás resolvida... Em cada esquina cai um pouco a sua vida... Em pouco tempo não serás mais o que és!" Putz. Fiquei arrepiado!

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h51
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
O medo do goleiro diante do pênalti

Após a sensacional série de cobranças de pênaltis ontem, entre São Paulo e Rosario (com direito a um goleiro perdendo pênalti e a outro goleiro fazendo gol), lembrei-me de um filme: "O medo do goleiro diante do pênalti". Você ainda não era nascido, amigo internauta - a película, de Wim Wenders, é de 1972!
E aí eu fiquei pensando no medo, nas suas mais diversas formas.
O medo que a criança tem daquilo que está debaixo da cama dela (aliás, por que toda criança tem esse medo, hein?)
O medo que os terráqueos têm dos alienígenas
O medo que os alienígenas deveriam ter dos terráqueos
O medo de um político diante das pesquisas de opinião antes da eleição
O medo de um político diante das pesquisas de opinião sobre ele - seis meses depois de ser eleito
O meu medo diante das minhas ex-namoradas...

E o que dá medo em vocês, hein?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 11h24
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Joana "Feiticeira" Prado x Editor "muque de aço" do UOL Tablóide

Sim, amigos. Este humilde editor que vos escreve desafiou a bela Joana Prado para um braço-de-ferro. Quer saber o resultado? Leia a entrevista!. Já leu? Então comente! Desde já aviso a todos que estudarei um a um os futuros desafios.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 12h50
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Eu já sabia! Eu já sabia! Eu já sabia!

Vocês viram que uma TV mexicana exibiu vídeo militar com imagens de Ovnis? E digo mais: eu já sabia! Todos os anos da minha vida que eu passei assistindo a Jornada nas Estrelas, Arquivo X, Contatos Imediatos de Terceiro Grau, E.T., O Dia em que a Terra Parou... Lendo Isaac Asimov, Arthur C. Clarke, Ray Bradubury... Finalmente! ELES CHEGARAM!
Amigo internauta, amiga leitora: o que você diria se encontrasse um alienígena?
- Demorou, hein?
- Levem-me agora!
- O quê? Você não é verde com duas anteninhas na cabeça?
- Qual o seu parentesco com o senhor Spock?
- Hã... Isso aí não é uma pistola de raios desintegradores, né?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h31
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Duas dúvidas metafísicas

DÚVIDA UM
Por que todo mundo deixa sempre para a véspera a anual e inevitável tarefa de comprar o presente do Dia das Mães, provocando filas e congestionamentos por todos os bairros possíveis e imagináveis?

DÚVIDA DOIS
Por que, mesmo sabendo que todo mundo deixa sempre para a véspera a anual e inevitável tarefa de comprar o presente do Dia das Mães, provocando filas e congestionamentos, eu também deixo para comprar o presente da minha mãe na véspera?

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 17h33
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Pequeno manifesto contra os praguejadores

Não tenho nada a favor de filas. Nem contra. Simplesmente as acho inevitáveis... em uma cidade grande. Vai ao banco? Fila. Laboratórios? Fila. Correios? Fila.
Mas notei algo. Fila não é tão chato... O que é horrível mesmo são os indefectíveis "reclamões".
"Isso aqui parece um inferno!"
"Por que nos maltratam tanto assim!!"
"É um desrespeito!!!" 
"É pra isso que eu pago impostos!!!!"
"Por isso que eu não gosto de morar nesse país!!!!!"

E isso ao ficar 2 minutos e 30 segundos na fila. Ou seja, uma vituperação a cada 30 segundos. Não justifica! Reclamar é um hobby! Praguejadores, dêem o fora!  Deixem-nos enfrentar a burocracia em paz!

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h37
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Lição de casa: um filme, um livro, um CD

O FILME: América Latina! Che Guevara! Waltinho Salles! De saída, eu iria sugerir o filme "Diários de Motocicleta". Porém (sempre há um porém): ainda não vi o filme. Então, sugiro humildemente "Kill Bill", indicado a mim duas semanas atrás pelo amigo e internauta Cecelo.
Fui ao cinema esperando uma overdose de ação e humor negro, e adverti minha companhia: haverá alguém sangrando em 80% das cenas. Acho que subestimei o gosto de Tarantino por sangue....

O CD: Depois de música eletrônica há 15 dias e de MPB da boa na semana passada, que tal jazz com humor e... política? "Pra Seu Governo", do Conjunto Nacional. Quem toca lá? Paulo Caruso, Chico Caruso, Luis Fernando Verissimo, Aroeira etc. É "ame ou odeie", mas vale ser conhecido!

O LIVRO: Semana passada, eu sugeri Mia Couto, uma espécie de "Guimarães Rosa de Moçambique". Desta vez vou de... Guimarães Rosa, ele mesmo. "Grande Sertão: Veredas". Amigos, é bom demais. No dia em que eu escrever um texto tão maravilhoso quanto esse... Deixa pra lá. Nem psicografando esse dia chega....

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h08
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Homens apaixonados... e estranhos
Vi uma notícia no UOL Corpo e Saúde que me fez refletir. Ela dizia, basicamente, que um estudo comprovou que homens apaixonados mudam pacas. Entre outras coisa, o nível de seus hormônios sexuais masculinos, como a testosterona, fica abaixo do normal.
Mas nem todo mundo muda igual, não é? Alguns, por exemplo, simplesmente babam. Os mais radicais babam verde, aliás. Outros ficam monotemáticos: não existem nada além do alvo da sua paixão. E tem os que tremem também. E há os que, preteridos por outro, desdenham: "ela não era tudo isso mesmo...". Há os que sobem pelas paredes, os que ficam pendurados no teto...
Sei lá. Homem é muito estranho, não é?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h01
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Vossa Excelência

- Se eu indagar a Vossa Excelência se Vossa Excelência vê essas afirmações como afirmações de que Vossa Excelência é corrupto, Vossa Excelência manterá o silêncio também?
- E se eu indagasse se Vossa Excelência continua batendo na sua mulher, como responderia?

Pergunta: será que se eu chamar as pessoas de quem desgosto de "Vossa Excelência", será que elas vão entender que eu estou sendo irônico e que eu definitivamente não gosto delas?
Imagine, no trânsito:
- Vá mais rápido, vagabundo!
- Vossa Excelência queira me perdoar, mas Vossa Excelência que está dirigindo acima da velocidade máxima permitida.
No cinema:
- Dá pra abaixar a cabeça que eu não estou enxergando nada?
- Vossa Excelência queira me perdoar, mas há vários lugares vagos ao lado de Vossa Excelência.
Para vendedores cretinos:
- Você não pode reclamar. Está no contrato, nas letras miúdas.
- Vossa Excelência queira me perdoar, mas as letras miúdas só me foram mostradas depois de eu ter assinado contrato.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h13
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ô MariCreide...
...cadê você?
Eu vim aqui...
...só pra te ver!
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h10
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Você tem fome de quê?
Fiquei impressionado com o rapaz que quis comer seu próprio peso em pipoca. Impressionado com o gosto dele: pô, logo pipoca? Pipoca é bom assistindo àquele vídeo bacana - um saquinho ou dois, e olhe lá. (No cinema eu não como pra não incomodar ou cinéfilo ao lado.)
E fiquei cá pensando. Se eu fosse comer meu próprio peso em alguma comida específica seria em... bombas de chocolate? Sonhos?  Barras de chocolate para fondue? Pastéis de queijo da feira lá perto de casa? Escargô? Caviar? Tiramissu? Ai, ai, tantas opções...
E você, o que escolheria, hein?
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 19h23
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ser descolado é... (parte 1)

O negócio é ser "descolado". Não basta ser "bacana", "badalado" e estar "antenado". Você tem que ser "descolado".
Para este vetusto escriba, entretanto, "descolado" é um conceito a ser desvendado. Corrijam-me se eu estiver errado:
- o "descolado" faz questão de aproveitar qualquer oportunidade que apareça para uma "balada", especialmente se for "na faixa". Ele não se importa de mentir a profissão para ganhar um convite ou uma credencial. E mais: tem que ir "na boa". O ir "na boa" é, por exemplo, em uma festa de gala (terno e gravata), ir de calça de moletom "simples" e com uma camiseta "básica". Mesmo que ambas tenham sido compradas em Nova York ou Paris e custado uma fortuna.
- o "descolado" é, acima de tudo, "cult" e "culto". Mostra de Cinema? Vai na festa de lançamento e nos filmes "underground" norte-americanos e ingleses. Com credencial, é claro. Produções iranianas, cazaques, francesas ou orientais? Dão sono, mas a desculpa é outra: "cheguei em cima da hora e o filme já tinha começado. Maldito trânsito".
- o "descolado" é um grande fã de música. Seu estilo predileto é o jazz. Ou o "britpop" (qualquer coisa produzida em Londres nos últimos cinco anos). Depende de com quem estiver falando. Adora descobrir bandas "novas" - de preferência de lugares "alternativos", como a Islândia, as Ilhas Cook ou Mata Utu. E tem como hobby falar mal de bandas e músicos que "morreram e não sabem" - curiosamente, sempre brasileiros.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h44
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ser descolado é... (parte 2)
Continuando o estudo sobre esta criatura das grandes metrópoles... o "descolado".
- o "descolado" freqüenta templos budistas. E centros de umbanda. E centros espíritas. E sinagogas. E mesquitas. Afinal, "não tem preconceitos" e está sempre "aberto a novas experiências".
- o "descolado" é fã de teatro, uma forma de arte que admira por ser "clássica" e "emocionante". Mas só assiste a peças se tiver ator da Globo ou gente pelada no palco.
- o "descolado" sabe tudo de literatura contemporânea. Estrangeira, é claro. Paul Auster, Nick Hornby, Michael Ondaatje, Jostein Gaarder. Leu as orelhas de todos os livros destes e de muitos outros autores. Agora, se o assunto é Machado de Assis, José de Alencar, Fernando Pessoa ou Drummond: "li no colegial e não achei a menor graça". Por "li no colegial" entenda-se que ele leu só as páginas pares até a página nº 42, e depois um colega de classe contou o final.
- o "descolado" não discute política. Afinal, "a imprensa distorce tudo e os políticos são todos iguais".
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h44
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Ser descolado é... (parte 3 e final)
Concluindo! Afinal, também quero saber sua opinião, amigo internauta!
- o "descolado" não tem uma profissão. Tem várias. Se você pergunta o que ele faz, vai enumerando qualquer coisa que já tenha trabalhado, trabalhado de leve, ou tentado trabalhar: "sou escritor, músico, ator, tradutor, crítico de cinema, crítico gastronômico, artista plático, webmaster, designer e, é claro, fotógrafo. Mas no momento ando vivendo de mesada, mesmo."
- o "descolado" vai a pelo menos duas festas por semana. De uma delas, pelo menos, sai de saco cheio "com esse povinho que não se enxerga e anda por aí desfilando como se fosse alguma m...".
- o "descolado" sempre reclama que está sem dinheiro. Passa meses e meses reclamando disso. E depois vai estudar "línguas" em Zurique, Berlim, Madri, Sydney ou afins, em um curso de um ano e meio pago pelo papai. Na volta, ganha um carro e um apê. Mas continua "sem dinheiro pra nada".
No fundo, no fundo... o "descolado" é uma figura.
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 16h44
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Um filme, um livro, um CD

Demorou, mas chegou. Abaixo as sugestões para o final de semana.

O FILME: "Cães de Aluguel", de Quentin Tarantino. Quem disse que aqui só entram lançamentos e novidades? O editor do UOL Tablóide, que em várias ocasiões é o último a saber, reserva-se o direito de recomendar um filme de 1992. "Cães de Aluguel" antecipa tudo o que você veria depois em "Pulp Fiction" e "Jackie Brown". A violência banalizada e excessiva, os diálogos sem sentido, as idas e vindas do roteiro. Está tudo lá, e com o vigor que só a originalidade pode proporcionar.

O LIVRO: "Um Rio Chamado Tempo, uma Casa Chamada Terra", de Mia Couto. O autor é uma espécie de Guimarães Rosa de Moçambique. A narrativa é construída em torno das relações humanas e dos mitos e lendas de sua terra. Cada frase é trabalhada, nenhuma palavra é desperdiçada. Uma forma de conhecer a África portuguesa, um mundo tão pouco conhecido, mas tão familiar.

O CD: Dorival Caymmi, qualquer um. Não tenho o hábito de ouvir Caymmi. Uma pena, reconheço. Dorival é a voz de um Brasil que parece distante, e que dá saudade até em quem não o conheceu. Aos 90 anos e fazendo sucesso na novela da Globo (é dele a música "A Vizinha do Lado"), o bom baiano não nos deixa esquecer que a vida é muito mais que um plantão de final de semana.

Escrito por Editor do UOL Tablóide às 18h24
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook
Abaixo o ócio
Sábado de sol, 1° de maio, dia mundial do Trabalho. E este Editor que vos escreve, para variar, trabalhando, no plantão aqui da firma. Aliás, este Editor que vos escreve é um dos caras que mais trabalha no mundo (e um dos que mais reclama também :-). No meio da correria toda aqui, fiquei pensando: por que o Dia do Trabalho é um baita de um feriado, hein? Você também não acha que todo mundo deveria trabalhar em 1° de Maio?! Abaixo a vagabundagem! Todos ao trabalho neste dia! E tenho dito
Escrito por Editor do UOL Tablóide às 13h54
comunicar erro COMUNICAR ERRO
  • Compartilhe
  • Orkut
  • Facebook